terça-feira, 16 de dezembro de 2008

...::feelings...memories::...

"...Cada palavra que falei, lembra uma história
Que eu nem mesmo sei.
Mas como o vento, vem tão depressa..."
Num domingo desses na casa da , estava lendo a Zero Hora, mais exatamente o Segundo Caderno, quando uma crônica da Marta Medeiros me chamou atenção. Falava ela alguma coisa relacionada à lembranças, não me lembro bem. Mas depois deste dia, mais exatamente ontem, quando um turbilhão de coisas passaram - e ainda estão passando - pela minha cabeça, é que me apeguei as minhas lembranças e aos registros delas.
Lembrei das coisas de guria - não que hoje eu seja uma velha, mas lembrei dos meus quinze anos, por ai. Lembrei da viagem pra Tupaciretã com a Bárbara e das coisas que fizemos lá. Nossa! A festa que fizemos no Absinto Bar, o cheiro do pão caseiro de manhã cedo, o cheiro do mato, o barulho do trem passando perto da casa da vó dela. A Yara dizendo "Bárbara TE levanta que a Mariana já ta de pé" (heheheh), o sotaque de interior carregado do pessoal de lá. Das ruas antigas, das arquiteturas antigas. Nossa, saudades! Achei estas fotos perdidas nas inumeras pastas que armazenam imagens no meu computador.
Lembrei do Vini, amigo de Tupã, que veio passar um verão aqui para irmos ao Planeta, que sarro. Me perdi de todos eles (mana, Bárbara, Ana e Cristiano) no meio de um milhão de pessoas. QUE PÂNICO!!! Cuidei do Vini com febre na praia, tiramos muitas fotos, também encontradas nas pastas.O verão que passei com a Bárbara na casa da Dona Oliva em Capão, o "aniversário da Aline" na praia, o carro atolado na beira da praia, o pneu furado... "Estamos molhadas porquenos atiraram na piscina. O 'pai' da Aline disse que estava nos trazendo!!!"...hahahahah... Saudades! A gente se divertia!!!!
Foi revendo essas fotos que deu saudades de alguns momentos... A viagem de Tupã, a viagem pra Ilha do Mel, a Noite do Pijama das meninas, as pagodeiras no Taipei, o Carnaval em Passo Fundo... E, por mais incrivel que possa ser, me deu saudades da Cuca. Sei lá porquê.
Mas, com certeza, o que me fez pensar nisso tudo foi a morte do Maninho... Gente, um menino da minha idade, morreu afogado em conseqüência de um problema cardiaco que ele tinha. Isso sim me abalou muito, de verdade. E parei pra pensar na dor que as pessoas que conviveram com ele (eu o conhecia de vista, da saída do colégio), da falta que ele vai fazer - e com certeza ja ta fazendo - e me coloquei no lugar das pessoas que, assim como eu, ainda não acreditam que o cara morreu. Pensei e, consequentemente chorei, se um dia - Deus me livre - eu chego a perder um amigo. Nossa, acho que me desmonto chorando. E, em meio a essa nostalgia pensei na Vó Eva e no Vô Carlinho - mesmo não querendo, cedo ou tarde ele "vão embora" - e me da muita vontade de chorar, e a mesma reação surge quando penso nos meus pais... na Mana... e, não sei o que seria de mim sem uma destas cinco pessoas, ou até mesmo sem as cinco ao mesmo tempo. Possivelmente iria querer "ir embora" com eles. Lembro do Feijão que perdeu o pai a menos de um mês, lembro do Tio Frank, do Vô Titi... e é em meio a essas lembranças que veem os registros, as fotos. Ainda bem, porque se dependencemos de nossa memória pra sempre, certamente ja não nos lembrariamos de grande parte das coisas que fizemos em nossas vidas, como eu já não lembrava de tantas coisas, como a minha infância, minha adolescencia, a viagem pra Tupã, pra Ilha... e tantas outras.
...::Enfim, recordar é viver!!!::...
"...Foi pouco tempo, mas valeu.
Vivi cada segundo.
Quero o tempo que passou..."

3 comentários:

Bárbara & Matheus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bárbara disse...

tem foto?
não consigo ver se tem...
ahhhh diz que tem!
hahahah
Bjuus!

Bárbara disse...

Hahahahaha!
Nunca ri tanto na minha vida!
Que coisa mais linda essa postagem Mari! E que lindo teu blog também!
Tem coisas que eu nem lembrava mais....Meu Deussss.... a festa de 15 da Aline![lembra da barraca? do cd roubado do emerson nogueira?] hahaha....e o fáábio louco por ti!hahahahaahah....teve abacaxi atômico e passeios por capão na saveiro do fábio!E em tupã?Coisa mais divertida nós no meiuo da rua depois da festa cantando... eu e o vini, tu e o vini...hahaha
Meu Deusss, isso já faz um tempão! Nossa, o tempo passa voando e a gente nem percebe...e se a gente não tomar cuidados, as lembranças caem por entre os dedos e se vão... Que loucura!! Realmente, ler isso hoje me fez muito feliz! Me fez voltar pra uma época mágica da minha vida em que minha unica preocupação era saber qual seria a melhor festa, ou se ele ia ligar! hehehe...
Te adoro muito Mari... Passar estes momentos contigo foi maravilhoso, e as lembranças que guardo de ti são maravilhosas!!!
Um grande beijo e muito, muito obrigada por me proporcionar esta alegria que to sentindo aqui por dentro! Lembrar disso me faz gostar de mim....Éramos incríveis!
Um beijo no coração!